Otoplastia (Cirurgia Plástica Orelhas)

INFORMAÇÃO GERAL

A Otoplastia é uma cirurgia que visa corrigir deformidades ou alterações das proporções anatómicas da orelha.

Modela as orelhas e, compreende também, as intervenções destinadas a corrigir o excessivo tamanho das orelhas, dos lóbulos e pavilhão auricular.

 

DURAÇÃO DO PROCEDIMENTO

A cirurgia dura aproximadamente uma hora e apesar de delicada é bastante simples.

 

ANESTESIA

Normalmente, sempre e quando as características do paciente o permitam, esta cirurgia é realizada com anestesia local. Alguns casos podem exigir anestesia geral.

Em crianças é administrada uma medicação pré-anestésica, a fim de evitar o medo e a ansiedade antes da ida para o bloco operatório. A sedação complementa a anestesia local para evitar que a criança se altere durante o acto cirúrgico, criando, ao mesmo tempo, um estado de indiferença e uma amnésia transitória e confinada ao acto cirúrgico excluindo assim possíveis reacções visuais traumáticas.

 

TEMPO DE INTERNAMENTO

Geralmente é realizada em regime de ambulatório, isto é, depois de permanecer em observação durante umas duas horas o paciente pode ir para casa.

 

POSSÍVEIS COMPLICAÇÕES

Em casos excepcionais, é possível o aparecimento de hematomas e infecção, que podem ocasionar graves deformações. Podem ocorrer, também, alterações da forma devido a traumatismos ou pressão, que requeiram algum pequeno retoque para recuperar a forma adequada.

É normal ocorrer mal-estar e inflamação. O mal-estar é tratado com medicação anti-álgica, a inflamação e as manchas desaparecem progressivamente em três ou quatro semanas. É preciso ter bastante cuidado, ao dormir, para não alterar a nova forma, principalmente em crianças pequenas que se movem e brincam muito.

 

CUIDADOS PRÉ-OPERATÓRIOS

  • Nos dias anteriores é conveniente utilizar sabonete pH neutro para lavar o corpo todo, inclusive a cabeça e o rosto para evitar infecções no pós-operatório;
  • Não tomar aspirinas ou outros medicamentos que alteram a coagulação sanguínea, nas duas semanas anteriores e posteriores à cirurgia;
  • Não fumar durante as três semanas posteriores à cirurgia.
  • Deverá cumprir no mínimo um jejum de 7 horas, com restrição de alimentos e líquidos, antes da hora da cirurgia.

 

CUIDADOS PÓS-OPERATÓRIOS

É colocada sobre as orelhas um penso mantido por um período de cinco a sete dias, durante os quais deve-se evitar deitar de lado.  Após ser retirado o penso, o paciente deve usar uma touca para dormir, por pelo menos um mês. Os pontos são retirados no 10º ou 12º dia após a cirurgia. É recomendável evitar a exposição ao sol no primeiro mês.

 

Deve saber que:

-      Após a cirurgia é colocada uma venda compressiva nas primeiras 24 horas e retirada depois de 48 horas. A partir do terceiro dia deixamos uma faixa elástica que deve ser mantida por três semanas;

-      As suturas serão retiradas entre o 10º e 12º dia;

-      O resultado definitivo, devido ao edema, só poderá ser avaliado depois de passado três meses da intervenção.

 

É normal:

-      Dores: de leve a moderada. No caso de uma dor mais intensa deve-se avisar o médico cirurgião;

-      Sensação de diminuição da sensibilidade e/ou formigueiro na orelha é usual, contudo, desaparecerá progressivamente.

-      Equimoses diminuem paulatinamente a partir da primeira semana, desaparecendo totalmente em duas ou três semanas, o edema desaparece mais lentamente, demora aproximadamente um mês.

 

É importante:

-      Evitar molhar o penso até serem retirados os pontos. Depois disso, deve-se lavar as orelhas, especialmente as cicatrizes, todos os dias, com água e sabão neutro e secar a zona sem fricção da mesma;

-      Dormir, ou descansar, com a cabeça e as costas ligeiramente elevadas, evitando posições laterais;

-      Utilizar a faixa elástica, tanto de dia como de noite, durante as primeiras semanas, retirando-a por breves períodos, para descansar da constante pressão;

-      Massajar a cicatriz e as pregas da orelha com vaselina ou o creme indicado pelo seu médico.

 

EXPECTATIVAS

A otoplastia tem a vantagem de não demandar grandes deslocamentos e agressões ao organismo. As cicatrizes ficam praticamente invisíveis, localizadas no sulco entre a orelha e o crânio.

Embora o efeito imediato seja satisfatório, o resultado definitivo da Plástica de orelhas só pode ser constatado por volta do sexto mês.